Faerun Savage Frontiers

Quarto arco - De volta aos reinos

81) Os aventureiros Hector, Vestele, Mebahel e Thaedras são transportados para um ambiente marítimo pelo mago elfo Vanarrys que antes de desaparecer entrega ao grupo um livro contendo seu diário pessoal sobre as buscas e motivações do patriarca elfo Jeleneth as gemas. O grupo percebe estar numa grande ilha (Ilha Prespur) sujeita a diversos efeitos de degradação sobrenatural incomuns, capazes de afetar suas habilidades e sentidos. A exploração da ilha revela uma pequena ilhota com ruínas antigas, cuja investigação permite aos Peregrinos descobrir uma embarcação pequena e a entrada para uma construção subterrânea semidestruída. Um dispositivo secreto expõe um conjunto de salas que formam um laboratório arcano, cujos documentos e informações remetem ao antigo império de Netheril protegidos por um guardião. Vencidos cada um dos obstáculos, os aventureiros resgatam um jovem pirata perdido e conseguem usar a embarcação para navegar rumo a um navio. O barco é identificado como mercante do reino de Cormyr, responsável por expulsar os piratas que aguardavam pelos batedores mandados a ilha. O comandante depois de inteirado da situação do grupo, oferece viagem segura para seu destino: A cidade costeira de Selgaunt, em Sembia…

82) Em Selgaunt, principal cidade de Sêmbia, o sacerdote Hector, a guerreira nobre Vestele, o mago bruxo Thaedras e o servo de Torm Mebahel contatam Millguen, antigo contato do paladino em Waterdeep e atualmente membro do conselho da cidade que solicita ajuda do grupo para resolver uma ameaça de morte a um importante lorde local em troca de informações sobre a possível presença de uma das gemas buscadas por Jeleneth pelo reino. A busca pelo assassino vingativo pelas ruas de Selgaunt junto a outros grupos de aventureiros levam o grupo a encontrar diversos problemas e lidar com celebridades, como o famoso herói Regdar lamina vermelha que acaba prendendo o criminoso. O paladino Mebahel decide se afastar do grupo para buscar novas orientações entre altos mestres de sua ordem em Tantras.

83) Informes antigos de Millguen levam o agora trio de aventureiros a vasculhar uma pequena comunidade rural (Arcomber) sembiana cuja historia antiga registra um evento ligado a algum tipo de gema. Buscando mais informações, o trio descobre que alguns visitantes conhecidos (o mago Plazoz, o assassino Trociv e a maga de Luskan Albanere) estiverem no local recentemente. Uma estranha onda de violência capaz de afetar mais os de tendência ordeira e caótica parece imperar na comunidade e ter relação com a divergência entre duas familias (os darsivin e os vugaunts) e a visita de Plazoz, na ocasião se passando por um servo de Ilmater, deus do sofrimento e dos mártires. O estudo dos incomuns rituais de bençãos do falso devoto levam os aventureiros a uma antiga ruina local, um antigo entreposto elfico profanado, onde encontram um ritual planar ativo ligado aos planos inferiores, invocando varios lemures. Com grande dificuldade conseguem interromper o ritual e despachar as criaturas. O tenebroso ritual indica uma trilha arcana de poderoso poder em direção a Noroeste, onde se localiza a outrora majestosa cidade de Mith Drannor…

84) Viajando para Mith Drannor, o trio de aventureiros decide passar pelo Vale das Sombras, uma comunidade modesta onde vive Elminster, o mais famoso dos arcanos de Faerun. A procura de conselhos esbarra na ausência do escolhido de Mystra e no improvável auxílio de Lhaeo, o escriba e responsável pela torre do mago que entrega alguns itens e dicas ao grupo. Caminhando pela comunidade confirma a passagem de Plazoz com Trociv e de Albanere e seus asseclas poucos dias antes para mesma direção…

85) A viagem para lendária cidade elfica arruinada leva o trio de aventureiros a encontrar um estranho elfo arcano que traz revelações importantes ao grupo envolvendo a busca de Jeleneth, as gemas de poder, um ritual antigo perdido e um conflito entre duas criaturas extraplanares, bem como a busca de um antigo centro de poder oculto em Mith Drannor: os Salões da Visão para usar um poderoso item (Bacia das Memórias). A exploração das ruinas leva o trio a enfrentar armadilhas para alcançar o secreto salão, onde se deparem novamente com Jeleneth. Durante a batalha com o poderoso arquimago, surge Albanere com seus seguidores.

86) Nas redondezas da Floresta da Lua, próximo das Montanhas Nether, o paladino Mikal, sua noiva a ex-ladra e agora barda Nayru, o anão guerreiro Glam, o ladrão/mago Rupert e o sacerdote de Akadis Luther são novamente reunidos depois de receberem cartas com mensagens importantes a respeito de interesses de suas buscas pessoais recentes. Encontram Garrow, um andarilho harpista já conhecido que explica estar ali como mensageiro de um conhecido do grupo como parte de um trato. O andarilho convida o grupo a lhe ajudar numa busca por um esconderijo orc. Tendo sucesso na empreitada, o grupo reencontra o elfo Rethavellus, irmão do falecido amigo do grupo Tharlafnah, o verdadeiro mandante das cartas. O elfo explica que o envolvimento dos aventureiros com uma estranha gema negra sob posse de Nayru tem relação com outras gemas, um ritual de produção de um artefato feito por humanos, elfos e anões (a gema Coraçãopedra) e sua “destruição” pela intervenção de duas poderosas criaturas extraplanares (a Rainha Serpente e o Andarilho Belicoso). Rethavellus oferece a Nayru uma oportunidade para se livrar da presença e influência da gema rumando para um oculto refúgio arcano conhecido como Seclusium, localizado em algum ponto da pantanosa Floresta Distante…

Comments

Brenno Brenno

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.